Dúvidas sobre Drywall? Nós respondemos!

  • 20 de novembro de 2017

Estar sempre inovando e modificando a arquitetura e distribuição de sua casa e/ou empresa, é uma forma de manter seu imóvel atualizado às novas tendências e adaptado às suas necessidades.

Porém, existem diversos motivos que acabam por complicar estas questões, e cada vez mais, estão surgindo novos materiais e tecnologias que facilitam o processo de reforma e melhorias: e o DryWall é um deles!

Porém, surgem diversas dúvidas a respeito destas placas, que você precisa esclarecer!

Instalar DryWall compensa?

Para responder esta questão, você deverá se perguntar: para qual finalidade vou utilizar? E assim, respondemos que existe uma diversidade de utilidades para as placas:

  • Divisórias e separações de ambientes, sendo que alguns tipos específicos de DryWall permitem isolamento térmico e acústico;
  • Estética: uso como revestimento e decoração, inclusive na fachada;
  • Rebaixamento de teto e laje;
  • Construção de nichos, painéis e prateleiras;
  • Proteção contra o fogo em áreas de emergência;

E muito mais! E a resposta é: sim, o DryWall será vantajoso em todas estas questões, por inúmeros motivos:

  • Material econômico;
  • Fácil limpeza e conservação;
  • Fácil instalação;
  • Praticidade;
  • Bom acabamento.

Sendo assim, pode ser uma excelente escolha para você que deseja ter um bom resultado, gastando pouco!

DryWall: do que é feito?

Esta é uma pergunta muito comum, e a resposta é simples: o DryWall é composto por placas de gesso, que estão parafusadas em perfis, geralmente feitos de aço galvanizado.

Esta estrutura de aço reforça as placas, e comparando à uma parede comum, os perfis seriam os pilares.

DryWall: Como Funciona?

Basicamente, o DryWall é instalado a partir de placas, compradas conforme as características e material desejado (como por exemplo, escolha de material antitérmico, com isolamento acústico, etc).

Seu intuito é “substituir” as paredes construídas com tijolo e cimento, e não tendo só essa função, como também a de decoração, revestimento, lajes, rebaixamento de teto, e muito mais.

Sua colocação deve ser feita com pessoas especializadas, e também da forma correta, dispondo as placas corretamente, de modo a permitir os isolamentos e promover a segurança da colocação.

É importante saber antes, se haverá instalações passando pelas placas, o desejo de firmar objetos e quadros, e muito mais.

DryWall: quanto peso aguenta?

Essa é uma pergunta muito importante, principalmente quando se deseja utilizar o material com fins decorativos! Basicamente, existem duas respostas para esta pergunta:

  • Em qualquer lugar da placa: suporta no máximo, 10 kg.
  • Instalação nos perfis: suportarão de 10 a 18 kg.
  • Pesos superiores: deverão ser aplicados reforços, mas, existe a possibilidade!

DryWall: qualidade

Basicamente, a garantia do produto costuma ser de 5 anos, podendo variar conforme cada fabricante.

Isso dá uma noção de que as placas são de muita qualidade, e suportarão suas funções, desde que diversos pontos sejam levados em conta:

  • Exposição à água, ventos, e demais intempéries;
  • Impactos: se você martelar o tempo todo, por exemplo, o DryWall não irá durar;
  • Local de instalação.

É preciso também, seguir à risca as recomendações de peso suportado, de modo a não sobrecarregar as placas, evitando desmoronamentos e destruição do material.

DryWall ou Gesso?

Este é um dilema encontrado por diversas pessoas que estão construindo e/ou reformando, e não sabem por qual dos dois optar, principalmente quando o revestimento é para o forro! Mas, para isso, diversos pontos deverão ser levados em conta:

  • Preço: em geral, o DryWall custa um pouco mais caro que o gesso.
  • Isolamento acústico: comparado ao gesso, o DryWall possui um isolamento muito melhor, sendo essencial quando existir piso superior.
  • Resistência: o DryWall possui uma resistência muito elevada, e isso aumenta a sua vida útil.
  • Praticidade: sem dúvidas, as vantagens do DryWall quanto à estética são muito maiores em comparação ao gesso, pois permite a inserção de diversos detalhes e modelagem.

 

 

 

Faça um orçamento GRÁTIS agora mesmo!

PUBLICAÇÕES RECENTES

Confira nosso blog

Por que contratar uma empresa para a sua obra?

Muitas pessoas, quando pensam em reforma ou construção, acreditam que conseguem gerenciar, sozinhas, todos os processos…
Ver mais

Como economizar tempo e dinheiro em época de crise?

Em uma obra, um dos grandes desafios é atrelar as palavras “rápida” e “barata”. Quando estamos…
Ver mais

Como deixar sua obra mais visual/bonita?

É comum que o visual de uma obra em andamento não agrade a maioria das pessoas.…
Ver mais