Dúvidas sobre Drywall? Nós respondemos!

  • 20 de novembro de 2017

Estar sempre inovando e modificando a arquitetura e distribuição de sua casa e/ou empresa, é uma forma de manter seu imóvel atualizado às novas tendências e adaptado às suas necessidades.

Porém, existem diversos motivos que acabam por complicar estas questões, e cada vez mais, estão surgindo novos materiais e tecnologias que facilitam o processo de reforma e melhorias: e o DryWall é um deles!

Porém, surgem diversas dúvidas a respeito destas placas, que você precisa esclarecer!

Instalar DryWall compensa?

Para responder esta questão, você deverá se perguntar: para qual finalidade vou utilizar? E assim, respondemos que existe uma diversidade de utilidades para as placas:

  • Divisórias e separações de ambientes, sendo que alguns tipos específicos de DryWall permitem isolamento térmico e acústico;
  • Estética: uso como revestimento e decoração, inclusive na fachada;
  • Rebaixamento de teto e laje;
  • Construção de nichos, painéis e prateleiras;
  • Proteção contra o fogo em áreas de emergência;

E muito mais! E a resposta é: sim, o DryWall será vantajoso em todas estas questões, por inúmeros motivos:

  • Material econômico;
  • Fácil limpeza e conservação;
  • Fácil instalação;
  • Praticidade;
  • Bom acabamento.

Sendo assim, pode ser uma excelente escolha para você que deseja ter um bom resultado, gastando pouco!

DryWall: do que é feito?

Esta é uma pergunta muito comum, e a resposta é simples: o DryWall é composto por placas de gesso, que estão parafusadas em perfis, geralmente feitos de aço galvanizado.

Esta estrutura de aço reforça as placas, e comparando à uma parede comum, os perfis seriam os pilares.

DryWall: Como Funciona?

Basicamente, o DryWall é instalado a partir de placas, compradas conforme as características e material desejado (como por exemplo, escolha de material antitérmico, com isolamento acústico, etc).

Seu intuito é “substituir” as paredes construídas com tijolo e cimento, e não tendo só essa função, como também a de decoração, revestimento, lajes, rebaixamento de teto, e muito mais.

Sua colocação deve ser feita com pessoas especializadas, e também da forma correta, dispondo as placas corretamente, de modo a permitir os isolamentos e promover a segurança da colocação.

É importante saber antes, se haverá instalações passando pelas placas, o desejo de firmar objetos e quadros, e muito mais.

DryWall: quanto peso aguenta?

Essa é uma pergunta muito importante, principalmente quando se deseja utilizar o material com fins decorativos! Basicamente, existem duas respostas para esta pergunta:

  • Em qualquer lugar da placa: suporta no máximo, 10 kg.
  • Instalação nos perfis: suportarão de 10 a 18 kg.
  • Pesos superiores: deverão ser aplicados reforços, mas, existe a possibilidade!

DryWall: qualidade

Basicamente, a garantia do produto costuma ser de 5 anos, podendo variar conforme cada fabricante.

Isso dá uma noção de que as placas são de muita qualidade, e suportarão suas funções, desde que diversos pontos sejam levados em conta:

  • Exposição à água, ventos, e demais intempéries;
  • Impactos: se você martelar o tempo todo, por exemplo, o DryWall não irá durar;
  • Local de instalação.

É preciso também, seguir à risca as recomendações de peso suportado, de modo a não sobrecarregar as placas, evitando desmoronamentos e destruição do material.

DryWall ou Gesso?

Este é um dilema encontrado por diversas pessoas que estão construindo e/ou reformando, e não sabem por qual dos dois optar, principalmente quando o revestimento é para o forro! Mas, para isso, diversos pontos deverão ser levados em conta:

  • Preço: em geral, o DryWall custa um pouco mais caro que o gesso.
  • Isolamento acústico: comparado ao gesso, o DryWall possui um isolamento muito melhor, sendo essencial quando existir piso superior.
  • Resistência: o DryWall possui uma resistência muito elevada, e isso aumenta a sua vida útil.
  • Praticidade: sem dúvidas, as vantagens do DryWall quanto à estética são muito maiores em comparação ao gesso, pois permite a inserção de diversos detalhes e modelagem.

 

 

 

Faça um orçamento GRÁTIS agora mesmo!

PUBLICAÇÕES RECENTES

Confira nosso blog

Tipos de Placas Drywall

Quais são os tipos de Placas Drywall? Descubra agora em mais um episódio da "Diviart Responde"…
Ver mais

Drywall é Gesso?

Afinal de contas, Drywall é Gesso? A Diviart explica pra você em mais um episódio da…
Ver mais

Quando Escolher o DryWall?

Quando escolher o DryWall? Atualmente, existe uma infinidade de materiais e opções no ramo da construção…
Ver mais